História do Zouk Brasileiro

O Zouk Brasileiro surgiu de uma dança Brasileiro chamada Lambada, e também teve influencias de outras danças como Samba de Gafieira, Bolero Brasileiro, Forró.

Nos anos 80, Lambada se popularizou rapidamente no Brasil e no mundo com ajuda de filmes e da divulgação da musica e dança pela banda Kaoma. Lambada foi uma dança que dominou a maioria das casas noturnas do Brasil, especialmente no Rio de Janeiro. Casas noturnas tocavam apenas Lambada.

Nos anos 90 a popularidade da Lambada começou a diminuir por motivos como:

  • Outro motivo importante era o fato de ser um estilo de dança rápida com muitos movimentos corporais desafiadores, o que tornava mais difícil o aprendizado para pessoas de todas as idades.
  • A sensualidade da dança se tornou um problema para muitos alunos.
  • A banda Kaoma terminou e parou de criar musicas de Lambada
  • DJs pararam de tocar Lambada nas casa noturnas.

Em meados dos anos 90 os brasileiros descobriram o ritmo Zouk do Caribe Francês que tinha muitas semelhanças com a música Lambada, pois a música Lambada tem muitas influências dos ritmos caribenhos. Os amantes da Lambada são uma oportunidade para continuar dançando seu amado estilo de dança. No Rio de janeiro havia muitos dançarinos de Lambada que queriam continuar dançando o estilo. Logo a dança Lambada começou a se adaptar à música Zouk. No entanto, a música Zouk era mais lenta do que a Lambada, por isso foi necessário fazer alterações na dança, incluindo seus passos básicos.

Essa transformação aconteceu em vários estados do Brasil. No Rio de Janeiro, Jaime Aroxa, Renata Peçanha e Adilio Porto da Escola de Dança Jaime Aroxa perceberam que nas aulas era difícil ensinar o básico da Lambada na hora e com a influência de outros estilos de dança brasileira como o Samba de Gafieira eles modificaram o noções básicas de estar no local para viajar para frente e para trás. A Salsa linear também os influenciou a criar movimentos de fígado como “Lateral” e “Bonus”, porque os movimentos da Lambada eram todos circulares. Essas mudanças ajudaram os alunos a aprender facilmente. A seguir surgiram outros movimentos como o “Raul” e o “Bonus”, que deram origem ao nosso popular kit básico.

Muitos professores e alunos da escola Jaime Aroxa também contribuíram para o desenvolvimento deste estilo de dança. Com este apoio eles puderam divulgar esta nova metodologia de ensino para outras escolas, outras cidades e também ao redor do mundo.

Em outros estados, como São Paulo e Minas Gerais, a transformação da Lambada em Zouk Brasileiro se originou de maneiras diferentes, criando diferentes estilos de Zouk Brasileiro.

Porque esta dança evoluiu de uma dança brasileira Lambada, é uma dança brasileira. Não é porque o nome não é brasileiro que a dança não será do Brasil. Todos os profissionais de Zouk então decidiram chamar este estilo de dança de Zouk Brasileiro (Zouk Brasileiro), com o objetivo de proteger a nossa própria cultura e também com o objetivo de não interferir nas interpretações das diferentes culturas sobre o Zouk.

History of Brazilian Zouk

What is Zouk?

Brazilian Zouk is a Latin dance which began in Brazil during the early 1990s. It originated from a Brazilian dance called Lambada with influences from Samba de Gafieira, Brazilian Bolero and Forró.

In the 80’s Lambada was a very popular dance in Brazil, especially in the night clubs in Rio de Janeiro. Over time, Lambada gained worldwide notoriety through films and it’s music.

What caused Lambada to lose its popularity?

  • It was a fast dance style with many challenging body movements, which made it harder for people of all ages to learn.
  • DJ’s started to play less and less Lambada music.
  • It became the forbidden dance due to how sensual the dance was.

In mid 90’s Brazilians discovered the rhythm Zouk from French Caribbean, which had many similarities with Lambada music. The Lambada lovers saw an opportunity to continue dancing their beloved dance style. Soon the Lambada dance style started to adapt to the Zouk music. However, Zouk music was slower than Lambada, so it was necessary to make alterations to the dance including to its basic steps.

This transformation happened in many states in Brazil. In Rio de Janeiro, Jaime Aroxa, Renata Peçanha and Adilio Porto at Jaime Aroxa Dance School realised that in class it was difficult to teach the Lambada basics on the spot. With the influence of other Brazilian dance styles such as Samba de Gafieira, they included a new basic travelling forward and backwards. The linear Salsa also influenced them to create linear movements like “Lateral” and “Bonus”, because the Lambada movements were all circular. These changes started to help students learn the dance faster. Following that, other movements were created such as “Raul”, “Soltinho” and “Bonus”, which gave origin to our popular basic kit.

Many of the teachers and students at Jaime Aroxa Dance School helped contribute to the spread of this new teaching methodology, which spread to other schools and other cities around the world.

In other states such as Sao Paulo and Minas Gerais, the transformation of Lambada to Brazilian Zouk Dance originated in different ways creating different styles of Brazilian Zouk.

Even though this dance gets its name from a French style of music, it is still considerate a Brazilian dance, based on its direct ties to Lambada and being created in Brazil by Brazilian dancers.

Interview Renata Peçanha
Lambada - Kaoma performance in 1989
One of first Brazilian Zouk choreographies 25 years ago